Versículo do mês



Deste-me força para o combate;subjugaste os que se rebelaram contra mim.(Salmos 18;39)

E ninguém, acendendo uma candeia,a cobre com algum vaso ou a põe debaixo da cama;mais põe-na no velador,para os que entram vejam a luz.(Lucas 8,16).

Nós somos a luz do mundo,e assim, temos que estar com nossa candeia acesa e não á esconder ,mas deixa-lá iluminar para que as pessoas vejam em nós a diferença!E estejam cingidos vossos lombos ,e acesas ,as vossas candeias! Bem-aventurados aquele que quando o Senhor vier,achar vigiando!(lucas12)

A lagarta Que desistiu de ser borboleta.(Do processo para o sucesso!)

Certo dia havia uma lagarta na goiabeira do quintal.Todos percebiam que era uma lagarta diferente das outras.As lagartas que haviam por ali sonhavam em se tornarem borboleta,não gostavam muito da sua vida de lagarta.Quando olhavam para o alto,observavam o pouso das borboletas nas flores,suas asas coloridas,seu vai e vem coreografados e sua liberdade para voar.Elas pensavam ''Não vejo a hora de começar a voar também!''Ninguém entendiapoque aquela lagarta era a única que tinha medo de virar borboleta,já que vida de borboleta e muito melhor que vida de lagarta.


E assim amanhecia aquela lagarta,pois já bem cedo rastejava por cima das folhas comendo suas laterais.Adorava essa vida monótona,rotineira e pacata de ser uma lagarta.Gostava de passear entre os galhos das árvores contaminando as goiabas,e de assustar as pessoas quando sentavam na sombra da árvore para descansar.Certa vez sua amiga lhe perguntou:''Por que voce não tem o mesmo desejo que nós de tornar-se a ser uma linda borboleta?''Ela lhe respondeu:'' Eu até queria ser uma borboleta mais quando eu soube que para me tornar a ser uma grande borboleta presisava passar pelo casulo,eu desisti,prefiro continuar minha vida de lagarta que passar um bom tempo num lugar fechado e escuro.Não me adapto em lugares escuros.É tempo de mudança!Não seja como essa lagarta!Deixa Deus te transformar em uma nova criatura!
Lorrayne França Schneider

Deus do Impossível

Nunca pare de lutar!

O que vem pra tentar ferir
O valente de Deus
Em meio às suas guerras?
Que ataque é capaz
De fazê-lo olhar pra trás
E querer desistir?
Que terrível arma é
Usada pra tentar paralisar sua fé?
Cansaço, desânimo
Logo após uma vitória
A mistura de um desgaste com um contra-ataque do mal
A dor de uma perda, ou a dor da traição
Uma quebra de aliança, que é raiz da ingratidão
Se alguém está assim, preste muita atenção
Ouça o que vem do coração de Deus:
Em tempos de guerra, nunca pare de lutar
Não baixe a guarda, nunca pare de lutar
Em tempos de guerra, nunca pare de adorar
Libera a Palavra, profetiza sem parar
O escape, o descanso, a cura
A recompensa vem sem demora.